Nova logo da Justiça Eleitoral

Depois de tantas empresas mudarem e melhorarem a sua identidade visual, agora os órgãos públicos começam a fazer o mesmo.
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou a sua nova logomarca. Ela foi criada pelo publicitário e designer gráfico Hector Fábio Alves Salas, da Bahia, e escolhida entre as 451 inscritas.

Essa logomarca não substituirá o brasão da República, presente nos documentos oficiais. Apenas identificará melhor os tribunais e órgãos vinculados à Justiça Eleitoral, facilitando sua identificação pelos eleitores.

Conceitos:
Para construir a logomarca classificada em primeiro lugar foram trabalhados três conceitos: solidez, seriedade e modernidade. As cores escolhidas buscaram trazer a idéia da nacionalidade para marca, que lembra a imagem do voto sendo depositado na urna. De acordo com o publicitário, a intenção foi mostrar, de forma simples, como o voto contém a noção do todo que é o Brasil.

Uma mudança bem a calhar, pois como estamos em ano de eleição, nada melhor que mudar nesse período. Gostei da nova marca. Mas gostaria da opinião de vocês!

via.

Nos acompanhe também pelo Twitter: http://www.twitter.com/comunicadores



  • Paulo E. Marchezini

    Eu também gostei, só acho que justamente nos últimos anos em que o grande destaque das eleições brasileiras tem sido o voto eletrônico a alusão a voto de “papel” pode criar uma vida últil curta para a logomarca. Pode apenas ser uma observação um tanto quando “rigorosa” a logo, mas é o que o primeiro me veio a cabeça quando a vi.

  • Haendel Dantas

    Paulo, eu tbm estava com essa idéia, mas preferi que alguém falasse dela. Eu entendi a lógica do cara que criou a marca, mas poderia mesmo fazer algo que remetesse a nossa eleição eletronica, que é exemplo para tdo o mundo! Se fizerem um belo trabalho publicitário em cima dessa logo, acho que ela poderá ter a sua ‘vida’ prolongada!

    Abraços e vlw pela observação!

  • André Miranda

    Apenas uma observação… A logo que vc citou como antiga, não era a logo da justiça eleitoral e sim o “brasão da armas” do Brasil. Pode ser que eu esteja enganado, mas é bom da uma conferida. Abç’s.

  • Haendel Dantas

    Opa André!

    Só esclarecendo: coloquei ‘antiga’ apenas para causar uma diferenciação, pois antes tudo era baseado no brasão da república. Até no texto eu coloquei: “Essa logomarca não substituirá o brasão da República, presente nos documentos oficiais. Apenas identificará melhor os tribunais e órgãos vinculados à Justiça Eleitoral, facilitando sua identificação pelos eleitores.”

    Mas obrigado pela observação e espero ter esclarecido :D

    abraços

  • André

    Resumindo…antes não havia logomarca, né?rsrsr. Valeu camarada. Sua página é muito boa.

  • Anonymous

    so intendi a ideia do voto na urna qnd li ;s

  • Gabriel Anderson

    é a primeira vez que posto aki
    Achei genial o logo. Muuuuuuuuuuuito melhor do que o da Vale, que além de praticamente copiar uma q já existe, e q fico meio fraca, custou milhões de reais para ser feita.
    Essa daí foi de graça (é isso?) e ficou mt boa, adorei a idéia do papelzinho entrando na urna

  • Adriano

    Eu gostei, mas concordo com o paulo, agora com o avanço da tecnologia poderia ter utilizado algo mais “digital” para ser utilizado no logo..mas pode ser uma critica rigorosa d+ ..
    mas melhor que o antigo..

  • tulio dantas

    concordo com paulo… campanhas e mais campanhas para divulgar o voto eletrônico, ai a logo faz alusão ao voto de papel… o ela tem de AVANÇO E MODERNO com o estilo web 2.0 TEM DE ATRASO no conceito…

  • Anonymous

    Sinceramente ñ é querer ‘falar mal’ +de cara antes mesmo de ler o post aqui no blog e de que entidade se tratava a impressão que tive foi que era uma logo ‘afundando’ como se fosse um iceberg em que a outra parte tá submersa. hehehe, reparem^^

  • Anonymous

    Bom, primeiro quero postar que gostei muito deste site. E em relação a marca, o que tenho a dizer é que na minha opinião, a tecnologia é um fator secundário na concepçõa da marca. mesmo pq a tecnologia muda muito mais rápido doq ue qualquer outra coisa. e aí sim eu em apoiaria em algo datado. Independente do sistema de voto, o ícone da cédula permanece no imaginário popular e o briefing pedia justamente algo que fosse de fácil assimilação a qualquer pessoa.
    Outro fator é que a Justiça eleitoral em si é um órgão de extrema sobriedade. Não se pode adotar a mesma lógica de um empresa de tecnologia por exemplo.
    Em tempo, meu nome é Hector Salas. Fui o vendedor do concurso.

  • Haendel Dantas

    Primeiramente quero parabenizá-lo Hector, pela vitória!

    E concordo com vc,quando diz que a tecnologia é tão mutável que teve de se apoiar num ícone datado!

    Mesmo os jovens (como eu :D) que não participou de eleições com cédulas, temos a imagem na mente, mas pela mpidia que quando mostra outras eleições no mundo vemos esse tipo de ‘computação’ de votos.

    Como tinha dito, se fizerem um belo trabalho publiitário associando-se essa nova logo com o voto eletrônico, la permanecerá por bastante tempo!

    Abraços e seja sempre bem vindo (como todos são) ao Comunicadores!

  • Anderson

    Logomarca que não funciona em preto e branco derruba qualquer conceito.

  • fernando

    Esta aparecendo dois “L” um verde e amarelo ou seja lavagem de dinheiro publicos o azul representa um brasil quadrado, hó onde foi q eu errei……………