Um dos carros mais famosos e históricos ainda no mercado, está se despedindo após 56 anos. Mas por se tratar de um veículo “multiuso” e com tanto tempo de vida, certamente o que não faltam são histórias de seus donos apaixonados.

Por isso, em homenagem a esse triste ‘adeus’, a Volkswagen criou um hotsite para que as mais diferentes e especiais declarações pudessem ser reunidas. E não termina por aí. A Kombi, após perceber que é tão querida pelo público, decidiu que não iria embora sem retribuir o carinho dessas pessoas.

De todo o material recebido, algumas histórias foram selecionadas para virarem um livro digital e, além disso, os autores das mais incríveis ainda receberão um presente inesquecível. Vou listar abaixo os 5 que achei mais legais:

1) Para Franck Köchig e Iris, que deram a volta ao mundo comigo, deixo meu odômetro com a maior quilometragem possível: 999999.

2) Para Noel Villas Bôas, em nome de seu pai, Orlando Villas Bôas, que rodou o Brasil comigo, deixo uma réplica daquele modelo, feita em barro, representando a lama que enfretamos juntos.

3) Para Valdir Gomes de Souza, que perdeu seu primeiro brinquedo – uma Kombi azul em miniatura – deixo uma nova Kombi azul em miniatura, lindinha.

4) Para Mirian Maia, que nasceu dentro de mim, deixo uma réplica do meu primeiro esboço. Como eu era quando nasci.

5) Para Carlos Alberto de Valentim, o “Seu Nenê”, que me levou para ver a seleção Brasileira jogar mundo afora, deixo minha calota autografada pelo Rei Pelé.

Você pode conferir a lista completa do “testamento” no anúncio que foi criado pela AlmapBBDO (clique na imagem para ampliar).

Kombi

A campanha ainda terá mais desdobramentos. O primeiro deles, segundo o que indica o anúncio, é o registro no hotsite das entregas de cada um dos presentes. Já o segundo, corresponde ao último pedido do carro: Voltar pra casa.

Trata-se de um filme também criado pela AlmapBBDO que, de acordo o CCSP, terá estreia em janeiro de 2014.

– A última Kombi sairá da fábrica da Volkswagem do Brasil no dia 20 de dezembro.

 R.I.P. Kombi.

Deixe seu comentário