A ideia criativa aparece muitas vezes a partir da observação de como a pessoa interage com o produto, do papel que o produto assume no quotidiano das pessoas e como o pode tornar melhor.

Se eu vendesse produtos para gatos – comida ou brinquedos por exemplo – eu ia querer filmar meu comercial nesse lugar! Porque torna evidente a importância que os gatos podem ter na vida das pessoas, e de tudo o que as pessoas estão dispostas a fazer por seus animais de estimação.

Conseguir associar o produto a este “esforço” e “dedicação” seria certamente bem sacado e uma boa forma de posicionar o produto bem juntinho do “coração” dos clientes.

Para manter seus 15 gatos ocupados, Peter Cohen transformou o interior da sua casa na Califórnia num recreio para felinos, com passarelas, túneis, plataformas e poleiros ao longo de sua casa. Um verdadeiro paraíso dos gatos.

Confira o vídeo acima e me diga se tenho razão.

casa-gatos-1

casa-gatos-2

casa-gatos-3

E depois, se conferir com atenção, verifica que o vídeo faz parte de uma ação de visibilidade para uma plataforma online de comerciantes de decoração de interiores (a Houzz.com), que com esta ação está quase a atingir o 3 milhões de visualizações.

Nem eles estariam à espera desta atenção, que prova bem meu argumento principal, de como a ideia criativa aparece muitas vezes a partir da observação de como a pessoa interage de forma particular e significativa com o produto (neste caso o interior de uma casa).

E vocês, o que acharam?