Mario Bros. é um dos jogos mais conhecidos da história. Lançado originalmente para o NES (carinhosamente conhecido como Nintendinho 8 Bits), o jogo é uma grande referência em game deseign. E recentemente, como parte das comemorações pelos 30 anos do jogo, Shigeru Miyamoto (o criador do personagem e do jogo), e o designer Takashi Tezuka falaram um pouco sobre a criação da primeira fase do jogo, que é uma aula de design.

Como pode ser visto no vídeo acima, houve muita preocupação em trazer uma experiência fácil de ser compreendida, ainda mais porque eram tempos mais simples, e as pessoas não tinham tanta familiaridade com jogos sidescrolling. E também não haviam tutoriais.

Mas dentre tudo que eles falaram, gostaria de destacar algumas

  • O Mario pode mudar de tamanho, basicamente, porque Miyamoto queria que os jogadores ficassem satisfeitos ao controlar o Mario grande. Por isso eles criaram a sua versão diminuta, com mais limitações.
  • O Mario pequeno não quebra blocos, porque o jogador não deveria quebrar aqueles primeiros blocos, caso fugisse do cogumelo. Ele deveria bater a cabeça e cair em cima do item.
  • Com o intuito de preparar o jogador para usar habilidades que não eram muito comuns, como correr antes de pular, para conseguir ir mais alto e mais longe, a seguinte lógica foi aplicada: Primeiro o jogador é obrigado a aprender em um ambiente seguro, depois ele é desafiado em um ambiente com risco “real”.
  • No vídeo, Miyamoto também diz que é bem comum ele imaginar que os testadores do jogo jogariam de determinado jeito, só que eles acabam jogando de outro. A partir desse feedback, ele melhora o seu trabalho.
  • Ele também comentou que o Mario nunca para de imediato. Quando o jogador está fazendo o personagem caminhar, e para de controla-lo, Mario dá uma escorregadinha. Isso serve para dar a impressão de que ele tem peso, e que isso é parte importante da experiência.

É impressionante como eles pensaram nesses detalhes, em uma época onde os recursos e o conhecimento na área eram limitados. Foram esses caras que criaram a base do game design atual.

E para mostrar o como as coisas eram complicadas naquela época, fica o vídeo abaixo como um bônus. Ele mostra como as fases eram criadas em papel, e como era mais difícil de alterá-las, portanto tudo deveria ser muito bem planejado.

Incrível né?

Diga nos comentários: Qual o seu jogo favorito da série Mario?

Deixe seu comentário