Laura, uma menina de 8 anos de idade, ao se deparar com mudanças de comportamento de seu pai, resolveu escrever uma carta a um possível amigo dele, quem ela acreditava ser o responsável pelas alterações.

Na carta, narrada em primeira pessoa, a garota revela traumas e frustrações conforme o caráter do pai foi mudando. Segundo a menina, não apenas ela, mas a família inteira sofria com as atitudes. A menina relata dificuldades como ver a mãe passar fome, seu pai perder o emprego, e a violência doméstica.

O pedido final é que o suposto amigo de seu pai vá embora e deixe a família em paz. Ao terminar a carta, um final inesperado é revelado.

O álcool ainda está extremamente ligado a festas e diversão, principalmente por conta dos milhões de reais gastos em publicidade. Mas a parte negativa da bebida infelizmente não é mostrada e o sofrimento de muitas pessoas por causa do álcool não chega ao conhecimento de todos.

Para mostrar o perigo e os resultados catastróficos da bebida na vida de uma família, a ONG Bandeiras Brancas preparou o vídeo ‘Carta para Jack’.

“A ideia é que o vídeo alcance o seu público alvo e alerte os seus familiares, que tanto quanto, precisam de ajuda”, afirma Brunno Barbosa, idealizador da ONG. O vídeo é narrado em inglês e tem versões legendadas, já que Barbosa espera atingir diversos países com a iniciativa.

carta-menina-alcoolismo-2