Enviar e receber vídeos picantes e fotos íntimas, os famosos nudes, está ficando comum no Brasil. É o que mostra o resultado do CONECTAi Express, uma pesquisa realizada pelo CONECTA, do IBOPE Inteligência.

De acordo com o estudo, 47% dos internautas do país já receberam nudes e  21% compartilharam o que receberam. Os homens receberam em proporção maior do que as mulheres: 55% X 38%.

O estudo aponta também que 1 em cada 5 internautas (20%) já enviou fotos ou vídeos íntimos para alguma pessoa, comportamento mais comum entre homens (24%).

Apesar da prática cada vez mais comum, a maioria (75%) se importa e tem medo que sua imagem seja compartilhada na internet sem sua autorização, principalmente as mulheres (82%).

O medo não é à toa: 15% já tiveram alguma foto ou filmagem compartilhada na internet ou mídias digitais sem sua autorização, percentual que sobe para 23% entre os internautas da classe A.

nudes pesquisa

A pesquisa, feita com 2.000 internautas entre novembro e dezembro de 2015, revela ainda que 31% dos usuários de internet do Brasil já saíram com alguém que conheceram por meio de sites ou aplicativos, sobretudo os homens (36%), os internautas da classe A (36%) e os com idade entre 16 e 34 anos (35%).

Os sites e aplicativos mais usados para esse fim, mesmo que por apenas uma vez, são: Badoo (usado por 33%), Par Perfeito (15%) e Tinder (15%).

A dúvida é: Cadê o SnapChat nessa pesquisa? rs

Deixe seu comentário