O texto contém spoilers.

Já adianto: gostei do filme. Ele não é uma obra-prima, tem falhas, mas eu gostei. Me diverti assistindo e não vi as duas horas e meia passando, principalmente com o Ben Affleck detonando no papel do Batman, e fazendo com que eu começasse a enxergar um monte de defeitos na versão do Christian Bale (mas nem por isso gostando menos…). Eu daria 8 de 10 para esse filme, mas o que quero comentar com esse texto, são as minhas teorias sobre Batman v Superman e o que acontecerá nos próximos filmes.

Não vou comentar dos filmes solo dos outros personagens da Liga da Justiça, e sim dos dois que compõe o título do longa dirigido por Zack Snyder. Mas antes fica a dica:

Se você tem receio de ir ao cinema devido as críticas negativas (dos críticos, pois o público recebeu bem o filme), vá assistir. Tire suas próprias conclusões porque, se você não gostar da história, pelo menos se divertirá com a ação.

1. O uniforme do Robin é a dica do próximo filme do Batman: A Piada Mortal

Pra quem não sabe, A Piada Mortal é uma história clássica do Homem-Morcego, publicada em 1988. Escrita pelo genial Alan Moore e ilustrada por Brian Bolland, a Graphic Novel conta a história de um plano maluco do Coringa: ele quer provar que qualquer um pode pirar se tiver um dia suficientemente ruim. Então ele deixa a Batgirl paraplégica, enlouquece o Comissário Gordon e mais um monte de coisas que eu não vou contar aqui, porque você precisa ler.

Mas em Batman v Superman: A Origem da Justiça temos um elemento que aponta para uma adaptação dessa história clássica em breve: O uniforme do Robin na Batcaverna.

Batman-v-Superman-SDCC-trailer-1-1940x847

Com os dizeres “The joke is on you” (“A piada está em você”, ou “está contigo”) escritos no uniforme do Robin, acho que essa questão fica bem evidente… A piada está… A PIADA ESTÁ… HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA.

Desculpe, foi um breve momento de descontrole. Acho que vou ali pegar a minha câmera fotográfica e o meu chapéu… Não, ainda tem mais cosias. Continuando, quero deixar um “bônus” nessa teoria: Acredito que a teoria mais bacana que está rolando na internet seja verdade: o Coringa de Jared Leto já foi o Robin. E isso talvez seja um dos motivadores da próxima teoria.

2. O Batman mata porque teve um péssimo dia, como o Coringa queria

Em Batman v Superman, o vigilante de Gotham mata sem fazer cerimônia, bem diferente das encarnações anteriores (se bem que os vilões dos filmes do Tim Burton também morriam). E acredito que isso será explicado no filme solo que ainda não foi confirmado (acredito que a Warner estava esperando pra ver a reação do público ao Ben Affleck, e agora que ela foi positiva, vão anunciar o longa em breve). Mas nem sempre os vilões foram mortos. Esquadrão Suicida está aí pra provar isso. Logo, o Homem-Morcego começou a matar há pouco tempo.

TheKillingJoke

Quando? Quando o Coringa o deixou mais louco. Seja matando o Robin a golpes de pé de cabra (como aconteceu na história “Morte em Família“), ou quando o seu sidekick se tornou o Coringa (talvez matando o original com um pé de cabra). A partir daquele momento, o Batman resolveu que isso não aconteceria mais e começou a achar que deveria matar.

Batman-V-Superman-Movie-Robin-Killed

3. A aparição do Flash

Flash está viajando no tempo, e isso todos já sabem. Mas o que ele quis dizer com “Você estava certo sobre ele o tempo todo?” e “A Lois é a chave”? Na minha opinião, ele está se referindo aos eventos de Liga da Justiça parte 2. Eu imagino que o filme será baseado no arco de O Retorno do Superman, que não tem nada a ver com o filme do Bryan Singer, e sim com A Morte do Superman, que foi publicada nos anos 90.

Nos eventos que se seguiram à morte do herói, um mistério se forma: Quatro novos Super-Homens aparecem, e 3 deles dizem que são a ressurreição do protetor da Terra. Um deles é o mais interessante (e perigoso): o Superman Ciborgue (ou Superciborgue). Ele diz que é o Superman original que ressuscitou e consegue convencer à todos.

cyborg-superman-1280jpg-3b00a5_1280w

Como o Zack Snyder tá direcionando o herói pra uma coisa meio “messiânica”, acredito que a história da ressurreição será o tema central do próximo filme da Liga. E como já vimos na cena deletada que a Warner divulgou, existe um ciborgue que pode mudar de forma. Talvez ele seja um avatar do Brainiac, e talvez ele possa aproveitar o fato de que alguém vai abrir o caixão vazio que está em Metrópolis pra assumir a forma do Superman e fingir que ressuscitou.

4. Os sonhos do Batman

Os sonhos são visões do futuro. E não porque Batman tem o poder de ver o futuro (como todo mundo tinha em Heroes), mas sim porque essa é a forma do Flash se comunicar. A Warner confirmou que teremos o Multiverso como base da DC no cinema e TV. Logo, quando o Flash volta no tempo, ele não interage diretamente com os acontecimentos e com as pessoas, pois quando ele faz isso, altera os acontecimentos do passado e cria uma nova realidade.

Logo, aqueles sonhos são a forma que o Barry Allen tem de apresentar para o Bruce Wayne o que os aguarda.

DarkEmpire maxresdefault

“Mas por que o Flash não conversa direito com o Batman e explica tudo?” – você me pergunta. E eu relembro o trecho do filme em que ele aparece: Dá pra notar que é um esforço tão grande que é quase impossível. Ele não consegue controlar direito e precisa voltar antes de falar tudo que gostaria. Então essa conversa detalhada não acontece pelo simples fato de que os poderes do corredor não são grandes o suficiente. A forma que ele tem pra fazer isso, é através dos sonhos.

5. A chave é a Lois

E por que o Flash disse isso? Qual o papel da Lois Lane em tudo isso? Acredito que tem a ver com os sonhos e com o Superciborgue. Durante a primeira parte do filme da Liga da Justiça, os heróis irão se reunir para enfrentar uma ameaça grande. É quando tudo parecer perdido, quem aparecerá para salvar o dia? Sim, o Chapolin Colorado Superman. Na verdade todo mundo pensará isso, mas já sabemos (na verdade especulamos) que não é o verdadeiro e sim um vilão. Só que os heróis da Liga não saberão disso. Apenas o Batman não confiará nele.

Acontece que ao perceber que Batman estava certo, o Flash volta no tempo para confirmar que a desconfiança tinha fundamento, e que existe uma maneira de provar: basta perguntar para Superman Impostor o que foi que ele enviou para Lois pelo correio, e que só chegou depois da sua morte? Ele não saberá responder, e assim o Batman terá como convencer todos os heróis da super ameaça.

0

E qual o fundamento de tudo isso? Nenhum mesmo. O que eu sei que é que Batman v Superman: A Origem da Justiça é um filme bacana, mas incompleto. Ele não foi pensado pra ser “redondinho”, e sim para ao mesmo tempo apresentar e conectar as pontas dos futuros filmes do Multiverso DC no cinema. Logo, ele está cheio de pistas do que está por vir. E como o Zack Snyder é fã de quadrinhos, acho que ele vai usar as histórias icônicas dos heróis no cinema, e é daí que vêm as teorias que apresentei aqui.

Teoria Bônus – Por que Multiverso?

Essa não está conectada com o filme, e é a mais especulação de todas. Por que a DC e a Warner optaram por oficializar o uso do Multiverso? Por dois motivos: O Reino do Amanhã Crise nas Infinitas Terras.

72329-dc-kingdom-come-1200x520

Se os dois filmes da Liga da Justiça fizerem sucesso, e no final dessa história eles destruírem o Darkseid, o que resta senão o apocalipse? E fazer uma história unindo as duas mais épicas histórias dos heróis da DC, resetando todo a existência audiovisual deles, parece algo bem grandioso e adequado.

Então é isso. Você tem alguma teoria sobre o filme e o Universo DC? Deixe nos comentários.

Deixe seu comentário