O Inbound Marketing ou marketing de conteúdo tem sido importante para diversas empresas na hora de atrair novos clientes. Com o momento não muito favorável da economia muitas organizações estão investindo significativamente em estratégias de inbound marketing, pois são meios que aproximam o cliente do negócio.

A especialista em marketing digital, Thays Abrantes, da Agência Cryah, observa que as empresas estão inovando seus processos de vendas e marketing. “Hoje as empresas encontram formas em que as vendas e o marketing possam trabalhar juntos para fazer crescer o negócio de maneira mais rápida e rentável”.

Segundo Thays, unir as ideias de marketing com as ferramentas comerciais de uma empresa é de suma importância para o sucesso das campanhas. “A captação do maior número de informações na hora de prospectar um cliente é o que faz a diferença. Conhecer seu público é uma das ferramentas mais importante para qualquer empresa, crucial na hora de traçar estratégias e ações de comunicação e marketing. Para isso é necessário mapear o público, ou seja, conhecer detalhadamente com o maior número possível de informações sobre o cliente”, afirma.

Ela ainda observa que este mapeamento não é apenas conhecer o cliente direto, mas, sim, todos o que se beneficiam da sua marca ou produto. A especialista traz dicas de como é possível realizar essa integração e as razões pelas quais não se deve deixar de investir em Marketing de Conteúdo mesmo nos momentos de crise:

– Mapear quem é o seu público ou cliente perfeito: para mapear o seu público comece pelo simples, observando quem já é seu cliente. Qual o perfil profissional dele, qual idade, qual estilo de vida, qual produto ele consome. E a partir dessa lista trace quem seria o seu cliente perfeito ou persona. Ex: Tenho uma loja de artigos de festa, meu cliente hoje tem de 25 a 50 anos, compra decoração para festa dos filhos 1 vez por ano. Meu cliente perfeito é um profissional que trabalha com festas, que compra material pelo menos 3 vezes no mês.

– Ajustar a melhor comunicação para falar com ele: com base em quem é o seu cliente fica mais fácil falar com ele. Nos baseando no exemplo acima da loja de artigos para festa, devo falar diretamente com a mulher na faixa etária de 25 a 50 anos, falar de família, filhos e coisas que se comunicam com o dia a dia dela. E no outro perfil de “persona” do profissional de eventos, você precisa falar de forma mais profissional. Ex: “Ofereça produtos de qualidade para o seu cliente”, “Faça diferença nos seus eventos com produtos XYZ”, “Seu cliente parcela a festa com você e nós facilitamos a sua compra! ”.

– Sua empresa estará onde as pessoas estão procurando: você precisa estar no cotidiano do seu cliente ou nos eventos que eles buscam fornecedores. Esteja onde ele está, com o mapeamento das “personas” ou “clientes perfeitos” você já sabe onde buscá-los. Voltando no exemplo acima, esteja nas feiras dos profissionais de eventos.

– Gaste tempo e não dinheiro: você precisa dedicar tempo para a execução dos materiais que se comunicarão com o seu cliente. Você pode criar matérias com dicas (Ex: de organização de festas), e-books ou materiais que sejam úteis para o seu público.

– Tudo é mensurável: hoje podemos contar com muitas ferramentas de mensuração, portanto, você pode saber se deu certo em uma divulgação.

– Melhoria constante: com os dados certos você consegue saber a melhor direção para ir e consequentemente melhorar a sua trajetória.

– Preparação para o futuro: hoje nós temos muitas opções de ferramentas para uso na internet, conhecendo bem o seu público e mensurando os resultados você consegue se destacar no seu setor. Com esse conhecimento de público, mercado e ferramentas você consegue criar oportunidades e inovar!

Deixe seu comentário