Segundo o Conselho Nacional de de Trânsito, 2% das vagas de estacionamento públicos são destinados para pessoas com deficiência. Só que o IBGE diz que 6,2% da população brasileira tem algum tipo de deficiência. E essa conta não fecha.

Mas, e se fosse ao contrário?

Para reivindicar mais respeito para pessoas com deficiência o pessoal da Makers Society fez uma ação que inverteu o número de vagas do estacionamento, fazendo com que os motoristas vivenciem a dificuldade que eles enfrentam (os deficientes)

Uma atitude simples para conscientizar sobre o respeito das pessoas sobre essas vagas, bem como a faixa de pedestre.

Deixe seu comentário