Você não precisa curtir o post, afinal, estamos lidando com a delicada situação do falecimento de um dos grandes ícones e criadores de uma das maiores revoluções tecnológicas do mundo: Steve Jobs.

Agora é acompanhar o desenrolar de tudo e torcer para que isso, parafraseando um colega aqui da agência, “espero que isso não seja o ínicio de um fim”.

Para lembrar um pouco de Jobs, aqui vai uma ótima campanha da Apple:

 Segue também o inspirador e famoso discurso de Jobs em Stanford:

 

R.I.P. Steve Jobs.

Deixe seu comentário