“Você pode não lembrar, mas nós nos conhecemos nos anos 90”. Não eu e você, obviamente. Mas sim todos nós, literalmente, nos conectamos com o Internet Explorer. Claro que demorava, tinha aquela coisa toda de conexão discada, dava ocupado, e ainda por cima caía frequentemente.

Deu pra sacar a nostalgia? É nesse clima que se baseia o novo comercial do navegador da Microsoft. Eles brincam com a história apresentando diversos brinquedos, jogos, roupas e até mesmos cortes de cabelo que fizeram sucesso na época.

O vídeo certamente ficou bastante amigável e tocou em pontos importantes como pionerismo e evolução. Eu, por exemplo, no início do meu contato com internet, usava o Internet Explorer e o Netscape. Foram eles que me trouxeram para o mundo digital, embora hoje eu fique muito mais tempo com o Chrome e o Firefox.

Na real, pelo título do comercial e as primeiras frases, que colocam o IE como um integrante da geração Y, acredito que o objetivo tenha sido justamente tentar puxar o lado da identificação com o público e mostrar que eles cresceram juntos. E isso realmente faz sentido, apesar de no final deixar um ar de que a época dele também já passou.

Quanto à qualidade do navegador, de fato não vou entrar no campo de dizer se ele também virou passado ou não. Confesso ter parado de utilizar há um tempo e, com isso, não me cabe julgar suas últimas versões. Mas e você? Acha que o Internet Explorer ainda sobrevive?

Deixe seu comentário