Uma campanha publicitária muito impactante que questiona a suposta importância da mídia social, mas que na verdade é impotente quando se trata de ajudar na vida real a quem mais precisa.

Desenvolvido pela Publicis Singapura para ONG Crisis Relief Singapore, mostra fotos de crianças em situações dramáticas, rodeadas de pessoas que mostram polegares fazendo o sinal de positivo, imitando o sinal de “curtir” (Likes) do Facebook. Com o texto “Curtir no Facebook não é ajudar” e “Seja voluntário. Mude uma vida” a ação quer lembrar que para ajudar de verdade é preciso mais que solidariedade virtual.

A campanha impressa ganhou um Leão de Ouro no Festival de Cannes. Vejam as peças:

Os anúncios são simples, diretos e atingem no coração de quem vê, e de quem acredita que dar um “curtir” em uma foto é ajudar a mudar o mundo. De acordo com a agência, as pessoas em volta das crianças foram inseridas posteriormente na imagem via Photoshop.

O que acharam da abordagem da campanha? Fica a reflexão.

Deixe seu comentário