Você vai em uma loja de doces comprar um mísero chocolate, e ao pagar, recebe uma nota fiscal. Normalmente o que você faz com ela? Joga fora ou guarda para doar a alguma instituição? Geralmente deixamos dentro da bolsa/carteira ou ela se perde, e na maioria das vezes vai para o lixo.

No Estado de São Paulo, por exemplo, toda compra gera um crédito que pode ser doado usando o cupom fiscal. Mas o processo é complicado principalmente para as ONGs, que precisam cadastrar manualmente cada cupom doado no site do programa da Nota Fiscal Paulista.

“Nem a melhor campanha de doação funcionaria nesse caso, pois não é um problema de comunicação, é um problema no processo de doação. Por isso fomos para o lado da tecnologia e criamos o nfscan”, diz Raphael Franzini, diretor de criação da Loducca.

O NFscan é um software que, através de uma foto do cupom fiscal, reconhece automaticamente os números necessários (CNPJ, número do cupom, data e valor) e envia a doação.

“A ideia é transformar o celular de cada um em uma urna de doação e, do outro lado, tirar da ONG o trabalho de digitação para cadastrar cada cupom no site do governo”, completa Franzini.cupom-nota

nfscan é grátis e de código aberto. Então, qualquer ONG pode usá-lo em seus próprios apps e sites. O primeiro a utilizar a tecnologia é o GRAACC, que depende de doações para manter seu hospital para crianças com câncer.

Se tratando de um software open-source, “do mesmo jeito que qualquer ONG pode usá-lo, esperamos que outros programadores também contribuam para a melhoria do software, e isso automaticamente vai beneficiar todas as ONGs que utilizam o nfscan”, comenta Paulo Almeida, arquiteto de sistemas da Loducca.

Realmente uma iniciativa louvável da agência, que com certeza pode ser disseminados para as centenas de (boas) ONG’s do nosso Brasil.

Deixe seu comentário