Quando vídeos gravados na vertical são postados no Youtube, barras pretas aparecem lateralmente. Sabendo da importância da audiência da plataforma e da necessidade de espaço das organizações não-governamentais para divulgar suas ações sociais, a J. Walter Thompson criou o projeto “Doe as Barras”. O objetivo foi dar a essas entidades, normalmente com recursos limitados para publicidade, um pouco mais de autonomia e visibilidade na sua comunicação.

A mecânica é simples: qualquer pessoa que queira fazer o upload no Youtube de um vídeo gravado na vertical ou em um formato diferente do padrão da plataforma (horizontal), pode fazê-lo pelo site www.doeasbarras.com.br, doando as barras pretas para a ONG que deseja ajudar. A facilidade é ainda maior porque, além do site, tudo pode ser feito via um aparelho celular.

O projeto é aberto a qualquer ONG que precise de ajuda. E entre os primeiros participantes estão Alcoólicos Anônimos, Ampara Animal, AfroReggae, Associação Brasil Parkinson, Associação Paulista de Medicina e Instituto Ayrton Senna.

Taí uma ótima iniciativa que usa um pequeno descuido das pessoas – já que sou desses a favor que todo vídeo seja postado/feito na horizontal – e o transforma em mais um bom espaço de mídia.

doe-as-barras

Deixe seu comentário