Comecemos este post com um trecho de música: “Como é que posso me livrar das garras desse amor gostoso?”. Agora vamos modificar para o contexto da publicidade.

No caso analisado, transformemos “este amor gostoso” por “este adblock do mal”. Ficamos então com a reflexão que muitos publicitários e criadores de conteúdo se perguntam: “como é que podemos nos livrar das garras desse AdBlock do mal?”.

Mas não é assim que os caras da Boondoggle pensam. A agência holandesa publicou um anúncio de vaga apenas para pessoas que utilizam AdBlock. O que pode parecer falta de coerência, é na verdade uma ação intencional e criativa para buscar “criativos que lutam pela relevância da publicidade digital”.

Contrariando o bonde dos pessimistas, mais uma vez a indústria caminha para provar que o AdBlock não é o final, mas sim uma incentivo para mudanças que venham para aumentar ainda mais a relevância.

agencia-vaga adblock-comercial amdsterdam-agencia adbock-vaga

Você usa AdBlock? Qual sua opinião sobre o assunto? Deixa sua opinião nos comentários.

Deixe seu comentário