Ação de Adesivagem promovendo um Curso de Mergulho
O redator Danilo Maia criou esse conceito de ação de adesivagem para promover o curso de mergulho do Senai.

Uma silhueta de um mergulhador foi colada atrás de alguns extintores, criando a ilusão de serem tubos de oxigênio ar comprimido (como nos disse o leitor Marcio Formiga, nos comentários).

mergulhador senai

Simples, objetivo e criativo.

16 comentários
  1. No começo, achei bacana, até porque tenho contato muito próximo com os adesivos de parede. Mas, depois lembrei: exitem regras, normas claras para sinalização de extintores de incêndio. Se a ação tiver se aproveitado do extintor verdadeiro, é a propaganda passando por cima de normas de segurança, o que não é muito louvável, certo?

  2. Essa é uma preocupação bastante válida. E aí eu te pergunto como leigo: é possível que a sinalização do extintor esteja um pouco mais acima (fora do enquadramento da foto)? Ou o adesivo está em um espaço obrigatório para a sinalização?

    Mas imagina como seria um mega fail, se o extintor for falso. Hahaha. Dá um incêndio e a pessoa pega um que não funciona?

  3. Lucas Pereira Da Rosa Exato. Concluindo, a "mega ação de mkt" acaba confundindo as duas coisas. E eu tenho certeza de que não passaria pela vistoria do Corpo de Bombeiros. Fail!

  4. Lucas Pereira Da Rosa Exato. Concluindo, a "mega ação de mkt" acaba confundindo as duas coisas. E eu tenho certeza de que não passaria pela vistoria do Corpo de Bombeiros. Fail!

  5. Oi pessoal. É impressão minha ou todos os posts antigos deste autor estão sem as imagens?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Surfrider | “O lixo jogado no mar um dia volta. Pra todo mundo.”

A Surfrider Foundation, é uma ONG presente em todo o mundo (e também no Brasil) que luta contra a poluição dos oceanos e suas consequências negativas. E com o objetivo de conscientizar e alertar as pessoas sobre os problemas do lixo deixado nas praias, a agência Script criou a ação chamada “Devolução”. A partir de um mailling de surfshops e ONGs conveniadas, foram enviadas para a casa das pessoas, via correio, 10.000 caixas contendo objetos despejados nas areias. Além de copos plásticos, papéis de picolé, latinhas e garrafas d´água, cada caixa também continha uma etiqueta com a seguinte mensagem: “O lixo jogado no mar um dia volta. Pra todo mundo.” – deixando evidente que mesmo quem nunca jogou lixo na praia, um dia poderá sofrer com as suas consequências. Confira o vídeo case: