Bolas de boliche como mídia para divulgar o canal de terror 13th Street

Para promover o canal de terror 13th Street, a agência alemã Jung von Matt convidou o artista Oliver Paass para pintar, com spray e de forma detalhista, as bolas de boliche de vários clubes alemães imitando cabeças decepadas de pessoas, com um grande toque de terror.

O difícil devia ser escolher a bola ideal para jogar, não?

bowlingheads boliche bolas (4)

bowlingheads boliche bolas (1) bowlingheads boliche bolas (2) bowlingheads boliche bolas (3)

bowlingheads boliche bolas (6)

E aqui nesse vídeo-case você confere o processo de criação da ação e a reação das pessoas:

Criativo e assustador.

16 comentários
  1. não mesmo…o facebook ta zuado, ele me cita + não cita…e ainda buga! -.-

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Segurança no Trabalho

Atenção no trabalho. Excelentes impressos desenvolvidos pela DRAFTFCB, Toronto para a WSIB (Workplace Safety Insurance Board) para a campanha de prevenção de acidentes do trabalho no Canadá, onde alertam sobre a atenção no trabalho, que pode causar cenas (fortes) como essas: “Distrações, como ouvir música, pode matar” (clique ampliar) “Ignorando procedimentos de segurança pode matar”(clique ampliar) “A falta de formação e treinamento pode matar.” (clique ampliar) Gostei da execução, principalmente no primeiro onde temos os ‘headphones assassinos’ que remetem ( de leve) aos iphones! Esses impressos me lembraram essa campanha da DDB Sydney, Austrália, para a NSW Police (tipo a polícia militar de lá) de sensibilização para o fato de o número de adolescentes que morrem ao ouvir ipods enquanto eles atravessam a rua (sem atenção). O que acharam? Nos acompanhe também pelo Twitter: http://www.twitter.com/comunicadores

Heineken Door Lock: fechadura inteligente só abre a porta ao reconhecer a cerveja

A Heineken, que é patrocinadora oficial da UEFA Champions League, lançou uma…

Carro Bolha

Acho que todos conhecem o plástico bolha, que serve para proteger os produtos ou objetos em transporte. Usando esse conceito, a BUZZ comunicação (SC), para divulgar o seu cliente, a George Seguros, desenvolveu essa mídia alternativa onde consistia envolver totalmente um carro com o plástico bolha, passando a mensagem que a seguradora dava proteção total ao seu carro. Essa ação, foi feita no interior de algumas concessionárias para já chamar a atenção ao comprador e ele já fazer “um pacotão”. Gostei da criatividade e da oportunidade!! Praquê seguro, se eu posso enrrolar o meu carro com o plástico?! hehe