Coca Cola | Para Todos
Se criassem um ranking dos melhores comerciais de todos os tempos, com certeza pelo menos um da Coca Cola estaria nessa lista.

Já postei alguns aqui no Comunicadores, mas esse feito pelos nossos hermanos argentinos é de uma simplicidade única e posso dizer, um dos melhores comerciais da bebida.

Vale o play:

O que acharam?

11 comentários
  1. Cara… simplesmente d mias essa propaganda!!!

  2. Puxa vida. Simplicidade e cumplicidade ao mesmo tempo. Muito 10 mesmo. Gostei demais.

  3. Olha eu que não sou bairrista, só conigo imaginar essa grande propaganda saindo de uma agência argentina que tenha uma equipe de criação brasileira.

  4. @ramon rapaz confesso que não conheço essa versão brazuca, mas se encontrar coloca aqui o link blz?! ;)

  5. Os melhores publicitários do mundo são os brasileiros e argentinos. Muito valorizados no exterior.
    O comercial é bem bolado e não é o único comercial argentino que chama a atenção. Asi como nosotros, eles têm muita criatividade.

  6. Show demais essa propaganda. Tem a versão em português dela. Faz muito tempo que eu conheço e ela ainda emociona.

  7. Ae muito fraquinho… pelo título eperava coisa melhor.. até meu filho de 7 anos faz cosia melhor…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Hyundai Accent | 3D projection mapping

Assim como a realidade aumentada (que já saturou), as projeções mapeadas 3D…

McDonald’s cria outdoor que só é exibido durante a noite

Com o objetivo de promover a informação de que as lojas do McDonald’s funcionam 24 horas, a agência canadense Cossette criou um outdoor onde sua comunicação só é mostrada durante a noite. Ao longo dia, a mídia totalmente branca aparenta não conter absolutamente nada, porém quando escurece, os faróis dos carros fazem que com o texto “aberto a noite toda” seja exibido junto à logo da rede de fast food. Se o surgimento repentino não der um susto nos motoristas, até que vale uma pausa no caminho para fazer um lanche, né?