Designer se inspira nos diversos tipos de cabelo para criar embalagens de macarrão
[fusion_text] As mulheres são expert em transformar o visual. E os cabelos quase sempre é a primeira coisa que muda. Lisos, cacheados, curtos, afro, etc.

E se inspirando nos diversos tipos de cabelos e seus formatos, o designer russo Nikita Konkin, criou essa série de embalagens para macarrão.

Ao todo ele desenvolveu três embalagens usando como base os formatos de alguns tipos de macarrão, como Fettuccine, Cavatappi e o Espaguete levando em conta o formato dos cabelos e penteados usados pelas mulheres. Como por exemplo, a embalagem do macarrão Cavatappi que representa uma mulher com belíssimos cabelos Afro.

Mesmo sendo conceito, ele mostrou como as embalagens se destacariam facilmente nas prateleiras e gôndolas dos supermercados.

cabelos macarrao (2) cabelos macarrao (3) cabelos macarrao (4)cabelos macarrao (1)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Fu Niu Lele | Mascote das Paraolímpiadas de Beijing 2008

Todos já conheceram os cinco mascotes das olímpiadas de Beijing 2008, mas acredito que nem todos conhecem o(a) mascote dos jogos paraolímpicos de Pequim. O nome dela é Fu Niu Lele. A simpática vaquinha foi batizada com esse nome diferente, pois é uma combinação de letras carregadas de boas energias: “Fu” (boa sorte), “Niu” (vaca) e “Lele” (feliz). O animal foi escolhido porque representa a harmonia entre o homem e a natureza. Fu Niu Lele também tem características como: superação, determinação, coragem, força e resistência, que são parte do espírito dos atletas paraolímpicos. E vamos na torcida pelos nossos atletas (o Clodoaldo Silva é daqui do RN! ). Fofinha :D Nos acompanhe também pelo Twitter: http://www.twitter.com/comunicadores

Esse escorregador portátil vai fazer a festa das crianças (e dos marmanjos)

Quem nunca quis ou desejou descer as escadas pelo corrimão? Sei que…

A casa na árvore com mais estilo que você já viu

Quem nunca sonhou quando criança ter uma casa na árvore para brincar…

E se as agências de publicidade fossem times de futebol?

O diretor de arte Bruno Leo Ribeiro, que atualmente vive e trabalha…