Um dia na vida de quem esqueceu o smartphone

A mídia social e os smartphones trouxeram nova forma de estar ao nosso dia-a-dia: vivemos conectados à rede e a quem faz parte dela. Mas essa forma de ‘viver’ tem efeito paradoxal, pois na verdade nunca estivemos tão separados uns dos outros. Vivemos num mundo online, “agarrados” ao smartphone e às atualizações do Facebook e Twitter, e nos esquecemos frequentemente do que está acontecendo à nossa volta, aqui e agora, fazendo-nos perder momentos únicos.

Com mais de 15 milhões de visualizações em uma semana a curta “I Forgot My Phone” nos mostra o isolamento de alguém sem smartphone em uma sociedade “demasiadamente” conectada, mas também tudo aquilo que quem está conectado na rede perde, ou seja todas aquelas coisas boas de quem está com os sentidos conectados no mundo real, desde o carinho de um abraço, o calor do sol na face ou a emoção de se balançar no balanço…

Um dia na vida de quem esqueceu o smartphone

Um dia na vida de quem esqueceu o smartphone

Confira o vídeo a cima, ele incentiva as pessoas a “desconectar para conectar”, desconectar do smartphone e do online, para conectar no mundo e nas pessoas. Vale a reflexão!

13 comentários
  1. Não é de hoje que venho reparando isso. Em todos os lugares, médicos, mercado, na praia, na igreja, praças públicas, até na feira. #Táumnojo. As pessoas hoje não vivem, não conversam , não se olham. #Triste

  2. tristeza total. e tô com muita raiva disso das pessoas nunca estão ali, no momento – ligia, tô cada vez mais irritada com isso!

  3. O futuro vai acaba com a coisa mais natura do cerumano
    que e o contato com as pessoa pode esta junto mas nao
    estao ali e so toca o celula

  4. Se eu estiver com o amigo que seja numa mesa de bar e ele ficar mais de 60 segundos falando no celular, eu me retiro, deixo minha parte da conta na mesa e saio sem me despedir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Stove Top | Abrigos de ônibus aquecidos

Para promover a marca de alimentos prontos Stove Top (Kraft), no inverno, a Draftfcb de Nova York criou abrigos de ônibus aquecidos pelo telhado. Com a mensagem “Frio, fornecido pelo inverno. Calor, fornecido por nós.” a idéia foi causar o “marketing de experiências”, que para a Kraft é muito importante na divulgação de um produto como esse. Bacana, não? Se todas as campanhas que fossem simples, tivessem uma experiência como essa, seriam muito mais chamativas…

Panadol e o seu outdoor com Dor de Cabeça

Dor de Cabeça forte. Uma das piores coisas que podemos sentir. E para expressar esse desconforto de forma criativa, a agência Grey da Indonésia criou esse outdoor no formato de uma cabeça – com a expressão de dor – para o analgésico Panadol Extra. Só que eles foram além e colocaram no topo do outdoor comida de passarinho. Assim, quando os pombos vinham e começavam a ‘bicar a cabeça’, a mensagem era passada. Confira o vídeo da ação:  

A “simples” evolução dos meios de comunicação

“Since…” é um pequeno vídeo criado por Cyril Calgaro & Arnaud Laffond,…