Ford imortaliza modelos campeões em coleção da LEGO
A Ford imortaliza o Ford GT 40 e o novo Ford GT, os grandes campeões das lendárias corridas 24 Horas de Le Mans em 1966 e 2016, numa coleção de LEGO, o mais famoso brinquedo de montar para crianças e adultos de todo o mundo.

Essa é mais uma celebração dos 50 anos de história dos dois superesportivos, com réplicas para inspirar as futuras gerações de pilotos, engenheiros e designers do setor automotivo.

A coleção, chamada LEGO Speed Champions, inclui os dois carros, miniaturas dos pilotos, bandeira quadriculada e até um troféu para a recriação das históricas vitórias e que estará à venda no site da Lego a partir de março de 2017.

“Muitas pessoas cresceram influenciadas pela lendária vitória da Ford em 1966 e experimentaram nova emoção este ano. Poder criar e construir pela primeira vez o GT usando peças de LEGO é um modo poderoso de contar a nossa história em Le Mans. Esperamos que inspire os pilotos, engenheiros e designers do futuro”, diz Dave Pericak, diretor global da Ford Performance.

lego-ford-gt-3lego-ford-gt-4lego-ford-gt-5lego-ford-gt-2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Um case que transforma o seu iPhone em uma arma de verdade

Muitas pessoas enxergam a rápida evolução dos smartphones como um ótimo benefício para a sociedade. Afinal, pagando as prestações em dia, o todo acaba por se armar com diferentes modelos de “mini-amplificadores” que potencializam suas mensagens para mundo. Com um destes dispositivos em mãos, a possibilidade de se gerar buzz através de uma foto ou 140 toques é multiplicada por mil. Ou seja, esta arminha já detém um incrível alcance, certo? Errado. Dois sujeitos resolveram ir além e conseguiram transformar o iPhone em uma arma de verdade. O ex-policial Froom – sócio na criação do case – teve a ideia depois de ser assaltado em casa e ver que, mesmo com algumas armas em sua residência, não teve como se safar da situação. O Yellow Jacket – nome do case-arma – quando acionado, libera uma descarga elétrica de até 650 mil volts, que é capaz de “derrubar um homem adulto, agressivo e encorpado”; veja o vídeo que explica todo o funcionamento:  O fabricante garante que a possibilidade do próprio usuário tomar um choque enquanto estiver usando o aparelho – e não a “arma” – é nula, pois o case vai ser bem seguro para evitar qualquer tipo de acidente. Um fato interessante deste case é que, por ter uma bateria extra, ele possibilita 20 horas extras de uso para o smartphone.  A ideia chega a ser criativa, mas não sei se seria legal todo mundo ter uma arma dessas no bolso, não acha? O que me alivia é o fato de que no Brasil,  o uso deste tipo de arma pela população civil é proibido, mas sabe como é… sempre tem o primo/amigo engraçadinho que volta dos E.U.A. com alguma “novidade” na mala. Mas e aí, diz o que você achou da ideia? Assustadora ou bacana? 

Motivos para mudar a marca…

Vocês percebem que vez ou outra postamos mudanças de marca e indentidade…