Infográfico | A história das mídias sociais

Um interessante infográfico que traça a história das mídias sociais e suas contribuições para a sociedade moderna.

Clique na imagem abaixo para ver mais detalhadamente.

Infográfico | A história das mídias sociais

1 comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

O jovem brasileiro e as redes sociais

Quem gosta de dados sobre redes sociais vai adorar essa sondagem feita pelo [N]Jovem, site do núcleo jovem da editora Abril, que investigou como os jovens brasileiros utilizam as redes sociais e chegou a informações interessantes. Você sabia que ? Publicidade em promoções e jogos são mais bem vistas nas redes sociais do que inserções em mídias tradicionais como banners. Twitter é a rede social mais popular. O Facebook é mais popular do que o Orkut entre os jovens de 19 a 24 anos, mas entre os jovens de 15 a 18 anos o Orkut ainda é mais forte. Música, entretenimento, jogos e revistas foram os temas citados como relevantes em redes sociais pelos entrevistados. Os jovens não tem o costume de comprar clicando em publicidade nas redes sociais, mas procuram informações sobre produtos ou serviços antes de consumir. Críticas e elogios nas redes sociais influenciam fortemente em sua decisão de compra. 85% dizem que não conseguem ficar mais de um mês sem acesso às redes. 34% conhece alguém que teve informações roubadas ou violadas nas redes sociais. A grande maioria ainda pensa que fornecer informações pessoais nas redes sociais não é seguro, e tem medo de ser vítima de roubo de informações. Aqui você confere toda a sondagem/pesquisa: Relevantes dados sobre o comportamento dos jovens na web, que ajudará em muitos planejamentos e estratégias…

Burger King | Angry Whopper Angrrrometer

Quando falamos de alguma ação ou lançamento de hotsite para Burger King, todos já esperam uma coisa bem diferente. Dessa vez ficou por conta da agência TAXI 2, do Canadá, superar as expectativas. A agência criou um hotsite chamado “Angry Whopper Angrrrometer”, onde o usuário pode experimentar diversos níveis de raiva através de sua webcam e microfone. E o bacana é que eles utilizaram uma tecnologia nova de rastreamento de face (como essa ação para o filme Transformers), que dá uma realidade muito maior para a ação. E eles brincam também com os usuários que entram no hotsite mas não usam nem microfone nem webcam. Vale a pena conferir.

App ajuda a combater a fome através de suas fotos de comida no Instagram

É praticamente impossível entrar no Instagram e não se deparar com pelo menos um usuário postando foto de comida. Essa realidade da rede social ficou tão grande, que parece que alguém arrumou uma forma de usar o hábito como ferramenta de comunicação. A DDB da Espanha desenvolveu o #FoodShareFilter, a partir do conceito “Se você vai compartilhar sua comida, faça isso de verdade”. Trata-se de um app que adiciona um filtro exclusivo nas fotos dos seus pratos no Instagram, com fins beneficentes. Tá, mas aí onde tá o conceito aplicado na prática? Acontece que o app é pago, e todo o dinheiro arrecadado com o download é doado para a organização Manos Unidas. Caso queira participar, o #FoodShareFilter está disponível para Android e iOS, custando US$ 0,99. A ideia é basicamente que as pessoas usem o filtro e a hashtag para divulgarem o aplicativo nas redes sociais, motivando que outros usuários baixem e também ajudem a combate a fome.