Volkswagen coloca anúncio falante em jornal da Índia

Acredito que todos os leitores do Comunicadores devam conhecer aqueles cartões de aniversário/natalinos, que tocam música ao serem abertos.

É uma ideia simples, mas que não costuma passar disso.

Agora a Volkswagen resolveu dar um novo uso para essa ideia, e em parceria com a agência DDB Mudrae, criou um anúncio sonoro em um jornal impresso: o The Times of India.

Como você pode ver no vídeo, ao desdobrar o jornal, um dispositivo (razoavelmente mais elaborado que os de cartões e sensível à luz) reproduz uma narração que lista os principais diferenciais do novo modelo da montadora alemã, o Vento.

Mesmo podendo assustar um pouco os desavisados, essa é uma ideia que chama (e muito) a atenção para o anúncio. Não acham?

2 comentários
  1. Na mídia impressa é possível veicular muitas idéias impactantes e inovadoras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Greenpeace | Tree

Sabemos que são muitas as causas da degradação global e do desmatamento.…

Samsung F480 | Drag and Drop World

Depois do iPhone, surgiram muitos telefones (se é correto chamar esses aparelhos de meros telefones), com as mesmas características dele, principalmente a sua tela sensível a toque (touch screen). E o F480 da Samsung não foge à regra. Para promover uma característica quase que exclusiva, a customização da tela simplesmente arrastando e soltando (drag and drop), criaram esse viral em um Stopmotion muito interessante, onde uma pessoa tenta montar ‘seu mundo perfeito’. O finalzinho é legal :D, vale a pena assistir: Esse video foi criado pela the viral factory. Gostaram? Nos acompanhe também pelo Twitter: http://www.twitter.com/comunicadores

Nike, terremotos e a fanática torcida do Boca Juniors

Algumas torcidas no mundo realmente jogam junto quando o time entra em campo. O Boca Juniors, um dos principais rivais dos times brasileiros na Libertadores da América, é um daqueles clubes que colocam medo nos adversários quando jogam em casa, devido à força de seus apaixonados e devotos seguidores. Exemplificando um pouco do que acontece em ‘La Bombonera’ podemos ver declarações de jogadores que foram entrentar o time argentino em seu estádio: “Nós estávamos no campo perto da torcida do Boca. Eles começaram a gritar e pular. As paredes estavam tremendo e eu pensei: Isso tudo vai desabar”. A Nike e a BBDO decidiram então medir de fato esse tal efeito terremoto causado pelos hermanos, querendo ver se conseguiam replicar em qualquer outro estádio. O dia escolhido foi o jogo final da Copa da Argentina, entre Boca Juniors e Racing, no campo adversário. Embaixo de onde ficou a torcida do Boca, foi instalada uma rede de quatro acelerômetros, que foram executados por um app. Ele era o responsável for criar um superfície virtual, que interpretava a magnetude das vibrações geradas. Um sismógrafo também foi instalado para medir todos os movimentos da estrutura. O resultado foi impressionante! No primeiro gol, marcado por Santiago Silva,  o aparelho registrou 6.4 na escala Richter. E depois de tudo isso, a Nike finaliza a ação com o conceito “Toda partida é um jogo em casa. Esse é o Boca”.