Burger King cria o primeiro restaurante do mundo feito de areia
BURGER KING¨ opened the first ever operational restaurant made out of sand in Weston-Super-Mare, on the 30th August 2009. The restaurant is serving Burger King Fusion ice-creams to visitors throughout the day. The restaurant made from 10 Tons of Weston Sand will be operational until the tide comes in. Iskra Lawrence (18) from Birmingham was one of the first customers to try the Mint Choc Swirl. PR Contact :Helena Smales 07740 762 432 – helena@cowpr.com. ©Gareth Davies 07774899744

O Burger King do Reino Unido inaugurou (no dia 30.08.09) o primeiro restaurante do mundo feito de areia em Weston-Super-Mare para promover a sua linha de sorvetes BK Fusions.

O responsável pela construção foi o escultor Mark Anderson, que demorou três dias e usou 10 toneladas de areia para concluir a obra.

Esse espaço ao ar livre conta com duas mesas com capacidade para quatro pessoas em cada e quatro funcionários exclusivos para esse “restaurante conceito” que está fazendo sucesso nas praias europeias.

Burger King cria o primeiro restaurante do mundo feito de areia

Burger King cria o primeiro restaurante do mundo feito de areia

Burger King cria o primeiro restaurante do mundo feito de areia

Sempre quando penso que o BK me surpreendeu com alguma ação, ele vem com outra mais criativa ainda. Gostei! Espero que esse restaurante chegue às praias brasileiras.

11 comentários
  1. Tá, gente, va benne que o tempo não ajudou, e que a construção com areia dificulta alguns detalhes. Mas vamos combinar que essa loja de areia deve ter virado assunto pra vários dias! Acho que a Burger King conseguiu o que queria!

  2. Impossível essa ação no Brasil. As praias daqui são de areia ‘da boa’. Mas, talvez o sorvete vendesse mais com o clima aqui debaixo do Equador.

  3. Ai ai é cada uma, 10 toneladas pra fazer esses “murinhos” e essas mesas? com essa parede aí atrás? RSRSRS
    E como disse outro leitor, com esse tempo aí? Vai durar muito será? A outra de biquini, e o pessoal de blusa na fila kkkkk ai ai então tá né kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. ASIUEhASUIEHas quanta falta do que fazer! Eu faço isso… eu e minha irmã de 7 anos (preciso dela só por causa das suas ferramentas, tais como, forma de carangueijo, pázinha, ariador, entre outras)

  5. A praia está vazia, a modelo de biquini contrasta com os clientes de casaco, e vai chover a qualquer momento, ou seja, loja conceito vai entrar a para a lista das ideias sem as quais viveríamos melhor…

  6. A idéia é legal, se fosse um playground, um produto para o público infantil…. mas com alimento, não rola…. a pessoa te entrega um sorvete com a mão suja de areia, e se bater um ventinho então… Acho muito anti-higiênico e ruim pra imagem…

  7. Definitivamente, não gostei. Nada prática, sem conforto, pode ser prejudicada pelo clima a qualquer momento. Ação feita pra publicitários e não para o consumidor.

  8. Marketing de guerrilha não muito bem aplicado pelo clima da praia, mas com resultado positivo.
    A ação ocorreu no Reuni Unido a 9 dias e estou em Recife recebendo o recado da BK.
    Uma ação que deve ter custado uns R$ 200.000,00 e estar rodando o mundo nos noticiários, mídia espontânea de primeira.
    Parabéns pela ação. No Brasil daria certo sim!
    Lembra o hotel no Salar de Uyuni localizado no sudoeste da Bolívia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Personagens da Disney têm pele arrancada em campanha chocante

O Saint Hoax, está de volta, sempre atacando questões sociais, de um modo…