CONAR lança campanha diferenciando gosto pessoal de conteúdo ofensivo
O público, cada vez mais crítico e ativo, tem os seus próprios julgamentos e opiniões a respeito das propagandas que vê e acessa nos múltiplos meios.

Por vezes, demanda que os anunciantes tenham posturas semelhantes ou idênticas as suas. Já imaginou se todo comercial tivesse opções para agradar todo mundo?

Criada pela AlmapBBDO, a nova campanha do CONAR mostra para a população que existe um órgão com autoridade para regulamentar os conteúdos que circulam na propaganda brasileira, com legitimidade e competência para diferenciar o que é gosto pessoal do que é antiético e ofensivo.

A campanha traz dois filmes que ilustram, em linguagem divertida e por meio de rápidos exemplos, o que separa um conteúdo ofensivo e ilegal daquilo que desagrada o público por não corresponder as suas preferências pessoais e expectativas.

Olha só:

https://youtu.be/wyt5ArUYLb4

https://youtu.be/HdWqrsWeHkw

As duas peças resumiram bem a ‘chatisse’ (ou intolerância) que anda circulando nas redes sociais por interpretações exageradas de algumas pessoas ao ver alguma propaganda onde tentam achar sempre o legal negativo ou alguma ‘falha’ que simplesmente não agrade.

E então, o que acharam da iniciativa? É uma boa forma de educar

Leia também

SUPOR | Ação promove panelas antiaderentes com pista de Skate

Como promover a marca de panelas SUPOR – onde sua principal qualidade é o seu ótimo antiaderente – de forma criativa? A Leo Burnett de Shanghai soube como. Eles criaram uma ação de ambiente totalmente original onde uma enorme pista de skate foi instalada na frente de um shopping e “camuflada” como uma grande panela wok, permitindo que skatistas vestidos de camarões, peixes, ovos e outros alimentos pudessem deslizar com toda a liberdade “sem grudar”, mostrando benefício do produto.

Lacta conta trechos da história do Brasil com esculturas de chocolate

O fim de ano geralmente é um período para olharmos para trás e fazermos um balanço de tudo que vem acontecendo com a gente. Para a Lacta, essa retrospectiva tem um sabor ainda mais especial. A marca está completando 100 anos de vida, com uma trajetória que acompanhou uma série de fatos históricos que acontecerem em nosso país. Encerrando as comemorações do centenário em clima natalino, a W3haus lançou um vídeo, com produção da La Casa em La Madre, relembrando grandes momentos que a Lacta presenciou ao longo desse tempo no Brasil. Entre eles estão a Bossa Nova, a Jovem Guarda, e a primeira transmissão de rádio. Mas obviamente não poderia faltar o chocolate como protagonista. Sendo assim, a agência convidou um artesão para esculpir objetos que pudessem ilustrar esses acontecimentos. O resultado ficou incrível, mas pelo visto não foi fácil. Chico Baldini, sócio-fundador e CCO da W3haus, explicou que a produção do filme contou com um trabalho minucioso, até que fosse decidido o melhor jeito de criar as esculturas. A pergunta que fica ao final é: Onde será que eu consigo um Maracanã de chocolate igual a esse do vídeo aí, hein?