Habib’s ousa e usa grafite em muro para divulgar promoção
A “polêmica do spray” que nas ultimas semanas está causando discussões na cidade de SP, acaba de ganhar mais um ingrediente.

O Habib’s pega carona no assunto e lançou um comercial criado pela Publicis onde mostra um grafiteiro (e não pichador) fazendo arte em um muro.

Em seguida, é revelado que o grafite é um pedido por mais kibe e pastel, que é a promoção da rede de restaurantes peça 2 e leve 3.

De fato foi uma ação bastante ousada da marca que usa essa polêmica da briga entre a prefeitura de SP e os grafiteiros / pichadores.

Mas, será que é uma boa para a imagem da marca? O que acharam da atitude?

E o final ainda tem um leve toque de ‘humor’, pois como o grafite foi pintado de madrugada, pela manhã um funcionário da prefeitura foi lá com o jato de tinta cinza e apagou a publicidade artística e o reforço “corra antes que acabe”

Habib’s ousa e usa grafite em muro para divulgar promoçãoHabib’s ousa e usa grafite em muro para divulgar promoçãoHabib’s ousa e usa grafite em muro para divulgar promoção

Só sei que o Doria não curtiu.

Ah, e essa não foi a primeira vez que o Habib’s se aventurou em usar temas polêmicos em suas campanhas… teve a vez que parodiaram o McDonald’s e BK e recentemente o problema de corrupção no Brasil…

Quer se destacar? Ouse!

FICHA TÉCNICA

Cliente: Habib’s
Produto: Kibe e Pastel
Agência: Publicis
Título: Grafite
Direção de Criação: Hugo Rodrigues, Domenico Massareto e Marcelo D’Elboux
Direção de arte: Paulo Damasceno e Victor Emeka
Redação: Fred Gerodetti
Atendimento: Danilo Ken, Thais Azevedo, Cristina Pazetti e Rafaela Braga
Planejamento: Eduardo Lorenzi, Bibiana Lopez, Bruno Midea
Mídia: Miriam Shirley, Viviana Maurman, Dante Mennichelli, Gabriela Chiliani, Ana Beatriz Battaglini, Hannah Prado e Gabriela PezzolatoTráfego: Rose Ramalho
Rtvc: Tato Bono, Cayan Lobo, Camila Ximenes
Produtora: Trator Filmes
Produtor executivo: Gabriela Lemos e Armando Ruivo
Direção: Will Mazzola
Direção de fotografia: Will Mazzola
Coordenação de produção: Kiko Ribeiro e Dudu Saraiva
Diretor de produção: Dudu Miranda
Atendimento produtora: Felipe Baracchini e Bruna Chamlian
Montagem: Matheus Akkari
Coordenador de Pós Produção: Marcel Rodrigues
Finalização: Trator Filmes
Produtora de som: Loud
Produtora de trilha: Equipe Loud
Atendimento produtora de som: Simone Marinho e Edu Bernardo
Aprovação do cliente: Alberto Saraiva, André Marques, Bruno Reis, Tânia Paina, França Adegas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Rapunzel – guerrilha para um workshop de contadores de histórias

Ação de guerrilha para anunciar um workshop sobre contadores de histórias infantis…

Amante pulando da janela é ação do Investigação Discovery

E finalmente foi revelado a estratégia que estava por trás de um vídeo de um “amante” pulando da janela, que já bateu mais de 2 milhões de views no Youtube: tratava-se de um viral para promover a a série “Paixões Perigosas”, do Investigação Discovery. O segundo andar de um edifício residencial na esquina das ruas Maria Paula e Santo Amaro no centro de São Paulo foi o cenário de uma autêntica cena de novela no início da tarde de quinta (16). Um casal saiu na sacada discutindo. O homem engravatado parecia ter ficado sabendo naquele momento que estava sendo traído. A mulher de lingerie vermelha tentava se defender a acalmá-lo. Na janela ao lado da sacada, o amante vestindo apenas uma sunga branca tentava se esconder. Pessoas se aglomeraram na frente do prédio para ouvirem a discussão e entre gritos de “pula, pula” o amante se jogou em um colchão após a chegada do caminhão do Corpo de Bombeiros. A cena que despertou olhares curiosos, risos e comentários inusitados parecia real mas era tudo encenação. Confira o vídeo da ação produzido pela Trator Filmes, com supervisão da Salles Chemistri: Mais um bom exemplo de viral que deu certo. O que acharam?

Gradiente explica seu “iPhone” e avisa que o de Steve Jobs é mais rápido

Depois de anunciar o lançamento de seu “iPhone” (um smartphone Android), a Gradiente, que estava sumida no mercado, explica o porquê do nome de seu novo produto. Em um vídeo, a empresa diz que o iphone é a abreviação de “internet + phone” e diz ter o registro da marca desde 2008 – solicitado em 2000. A Gradiente também comenta sobre a Apple, dizendo ser uma empresa “super competente” e faz uma comparação entre o Gradiente iphone e o iPhone de Steve Jobs: O da Apple “tem mais velocidade e resolução de tela, além de outros recursos”. Dê o play para entender tudo: Sobre o vídeo, dá para se ter vários pontos de vista. Uns podem achar a atitude da Gradiente extremamente “louvável”, já que a empresa foi sincera e humilde, principalmente ao reconhecer as qualidades da Apple. Outros acreditam que eles estão apenas tentando se aproveitar do sucesso e do destaque que a Apple conquistou no mercado.  No vídeo, a Gradiente fala, inclusive, sobre um pouco de sua história e reforça o fato de que está voltando para o mercado. E aí, será que a Gradiente foi humilde ou ela preferiu não comprar uma briga já perdida?  O que você acha?